Brinquedos Seguros X Brinquedos Perigosos

Muitos brinquedos podem ser perigosos para o seu cachorro, ainda que, na hora da compra, as informações indiquem que não oferecem qualquer perigo. Nessas horas, é bom ficar atento para proteger seu melhor amigo.

Diversos brinquedos podem beneficiar o seu pet proporcionando mais saúde, mais obediência e melhor treinamento e desenvolvimento cognitivo.

8 dicas úteis para brincar e proteger o seu cão

Atenção nas seguintes dicas para a brincadeira com ele ser sempre saudável e segura:

1: Pelúcia nem pensar.

Por mais que possa parecer divertido e adorável, as pelúcias soltam-se facilmente do tecido e podem ser engolidas, obstruindo o estômago, causando engasgamento, e até morte do seu animal.

2: Evitar ossos de couro.

Ossos de couro normalmente não são digeridos com facilidade e podem ficar no estômago, causando problemas mais sérios.

3: Fuja de peças pequenas.

Brinquedos com pecinhas pequenas que se soltam ou quebram facilmente são um perigo. O animal pode engolir ou até mesmo pisar nos pedacinhos e acabar machucando-se seriamente.

4: Cordas nem pensar.

Se engolidas, podem ser fatais. E, por mais incrível que pareça, é muito comum que o animal se enforque, especialmente se a corda for muito longa.

5: Conheça brinquedos inteligentes.

Em pet shops ou lojas especializadas, você pode encontrar brinquedos feitos para atrair e exercitar o animal, físico ou mentalmente. Usando o olfato e apetite canino, esses brinquedos instigam a curiosidade e criam o senso de que esforçar-se pela comida é saudável.

6: Escolha a cor correta.

Escolha cores que contrastam com o ambiente da sua casa. Se vocês costumam brincar na grama, por exemplo, não dê uma bolinha verde a ele.

7: Não tenha medo da rotação.

Trocar os brinquedos, descartar os antigos, mudar sempre, não é apenas questão de segurança, de livrar-se do que é desgastado; usar a rotatividade é também uma forma de proporcionar ao animal, a sensação de que sempre está conhecendo algo novo.

8: Você é a maior diversão!

Apesar dos brinquedos serem úteis, ajudarem com a sua ausência ou na educação do seu cachorro, brincar com ele é o mais importante. Além de incentivá-lo com mais eficiência, a brincadeira em conjunto estimula a harmonia na convivência, propicia melhores exercícios físicos e, é claro, estabelece uma relação mais saudável e amorosa entre vocês.



Fonte do texto:
Equilíbrio: Excelência em Nutrição

Categorias:
Comportamento | Diversos |